Classe Média

Artur Júnior dos Santos Lopes

Classe Média. Eis ai o sustentáculo da pressão sobre o governo. Onde está esta classe. Certamente satisfeita com as posturas do Brasil. Pelo menos no que tange ao pensamento: Não está me incomodando. Tá tudo certo, enquanto ainda tiver meu conforto.
Parece que não há uma preocupação em verificar o que está é correto ou o
que é errado. Me pego julgando. Mas julgando a mim mesmo, assim fica mais politicamente correto.
Se o trânsito vai mal, saio mais cedo. Se o imposto está muito alto, faço
mais uma horinha extra. Se o mercado exige mais conhecimento, me adapto a ele.
Onde está o posicionametno crítico da classe média? Evadiu-se? Evadiu-se a
classe média? Quem ainda detem um pouco de decencia em seus pensamentos?

Quem ainda está disposto a lutar por um pouco mais de espaço para o ser humano?  Esta questão me intriga.
Quem vai levantar a bandeira desta luta?
Existe necessidade que alguém a levante?
Quem tem condições de verificar a situação em que o país está?
Quem pode propor alternativas?
Qual o papel do indivíduo nisso?
Qual o papel da sociedade? Da classe média?
Quem deve fiscalizar o governo?
Há necessidade de heróis?
Onde eles estão? Quem vai saciar as necessidades básicas das massas?
Há como saciar as necessidades básicas das massas?
É mais facil corromper alguém faminto ou alguém que está preocupado com outras questões que não as de sobrevivência imediata?
O que tu estas fazendo?
O que eu estou fazendo?
O que vamos fazer?

Porto Alegre, 29 de Maio de 2006

Comments