Valorização das Possibilidades e das Capacidades

Artur Júnior dos Santos Lopes

 

Para

Dedico este texto à: capacidade de enfrentar desafios; capacidade de encontrar problemas; capacidade de sistematizar soluções para problemas; capacidade de resolver problemas.

Possibilidade

A quantidade de possibilidades de solução de um problema são ilimitadas. Mas estão limitadas à capacidade de inventar do sujeito. Viva a minha opus (o a fazer que me dá prazer)!

Discussão

A discussão a respeito de um tema o torna mais amplo. A discussão filosófica, não a tagarelice, ajuda a reduzir a limitação do sujeito de perceber e assim aumenta a quantidade de possibilidades percebidas frente ao tema. Rendo graças a TGA.

Crime e Castigo

O reducionismo, bem como a generalização, são crimes hediondos, que sodilapam o intelecto. Sou a favor da inscrição destes crimes no código civil. Sugiro ainda que a penalidade, para os que cometem tamanha safadeza, seja a prestação de serviços públicos voltados a discussão sobre as estruturas do pensamento, onde o criminoso não possa fazer nem a síntese nem a conclusão dos debates, antes deve realizar a validação de todas as possibilidades que surgirem. "Uma pequena vingança é mais humana que vingança alguma", valeu Friedrich.

Viabilização

Muitas vezes faz-se confusão entre possibilidade e viabilidade. Termos bastante distintos. Percebemos a inviabilidade de uma possibilidade e logo a tratamos como impossível. Preguiçosos.

Honestidade

Se a possibilidade que percebo é inviável a forma de ser mais honesto, comigo mesmo, é procurar uma forma de viabilizar a possibilidade que desejo.

Determinismo

Mas a percepção que temos é que tudo o que desejamos não vale a pena e que um projeto que parta de mim já é fracassado por natureza.

Ilusão

Apenas prá ilustrar. Até o mais estúpido imbecil já é um vencedor. Ele teve de vencer uma grande disputa para fecundar um óvulo e nascer animal humano.

O valor em si

O ser humano tem valor em si. É ser humano. E o valor enquanto ser humano precisa ser o mesmo. Não precisa ser branco, preto, amarelo, homem, mulher, portador de necessidades especiais para ter valor e para que seu valor seja afirmado. Já tem valor. É inadmissível que alguém aceite ser desvalorizado, ou pior, ser valorizado por pertencer a um grupo. Médico, advogado, rico, pobre, papeleiro, branco, japonês. Todos tem valor em si, pois são seres humanos e precisam ser tratados de forma equalitária.

Hegemonia

Não sou contra o sistema. É verdade que não sou a favor. Mas não creio que se possa estabelecer valor de juízo para uma ferramenta. Sou contra a forma de utilização da produção na intenção de submeter muitos em detrimento da concentração de lucro para poucos. Mas sou favorável a produção que dá prazer e que dignifica o artista. Pois creio que produzir qualquer coisa com prazer seja uma arte. Uma tabela no excel, um texto no word, uma pesquisa na internet, uma música, um quadro, uma fotografia, um gol.

Alvo

Minha escrita não é destinada a específicas pessoas, mas a toda humanidade, inclusive a mim. Não busco, porém, qualquer tipo de apoio, critica, ou bajulação. Às contribuições que vierem: Não as rejeitarei. Desejo profundamente, apenas: que os que entrem em contato com este texto reflitam sobre ele, sobre suas vidas. Que percebamos a imensa liberdade contida dentro das possibilidades. Diante das possibilidades, desejo ainda, que tenhamos força e coragem para lutar pelo que queremos. Que reforcemos a fé em nós mesmos. Que acreditemos nas nossas capacidades e na validade de nossos quereres.

 

Porto Alegre 19 de Maio de 2006

Comments